05/11/2021 às 00:59

A fotografia pode te levar longe

11
2min de leitura

A fotografia pode te levar longe


Sou fotógrafo no Japão já faz um bom tempo e estou vivendo apenas de fotografia há cerca de 1 ano. Eu e minha noiva trabalhamos na área e sustentamos diversas famílias, pois há toda uma equipe por trás: redatores, diagramadores, designers, fotógrafos e outros profissionais.


Aqui no Japão, 99% dos fotógrafos trabalham nas fábricas e fazem as fotos no final de semana. E essa caminhada faz parte. Por tudo o que passei, cheguei em um lugar muito bom, mas mesmo assim, o ritmo de trabalho ainda é o mesmo.


Empreender não é fácil. É preciso continuar conquistando, continuar entregando no prazo e agora estou trabalhando muito mais, cerca de 15, 16 horas por dia, pois a vida de fotógrafo não é fácil, não é só sorrisos como muitos veem por aí. 

Como é a rotina de um fotógrafo no Japão?


Acordar pensando no que fazer, em como captar clientes, se a entrega está em dia, pensar em campanhas novas, em tirar fotos diferentes, se eu vou conseguir fazer com que o cliente fique feliz, se eu posso transformar a vida dele de alguma forma e diversas outras tarefas…


Trabalho muito no final de semana e durante a semana, além dos ensaios, também faço a edição, que dá bastante trabalho. A área de fotografia precisa ter muito investimento para acontecer da melhor forma possível.


Eu acabo investindo em aplicativos, programas de edição, câmeras e tudo o que for pertinente para que o trabalho possa acontecer. A vida útil de uma câmera, por exemplo, é de 60 a 80 mil cliques e eu gasto mais ou menos 500 cliques por ensaios.


Com 6 anos de fotografia, já acumulei mais de 1000 ensaios feitos, ou seja, não é só um ensaio bonito, mas tem toda uma garantia por trás. É sobre ser uma empresa, entregar em um prazo curto, ouvir o cliente e conseguir oferecer o melhor resultado.

O trabalho de fotógrafo no Japão vale a pena?


Ser fotógrafo não é fácil, ainda mais no Japão onde temos que nos adaptar à cultura, vivenciar coisas diferentes, conhecer novas pessoas e nos reconhecer e aprender a viver de uma forma totalmente diferente.


Mas vale a pena? Com certeza. Quando você ama o que faz, não há barreiras. Claro que sempre tem alguns perrengues, mas o resultado de ver o sorriso do cliente junto das pessoas que ama, registrando um momento tão bonito, não tem preço.


A fotografia faz eu renascer a cada ensaio e ver que eu estou no caminho certo quando vejo os clientes olhando suas fotos e se emocionando. O caminho é lindo e com certeza o melhor que eu fiz até agora.


Quer conhecer melhor o meu trabalho e marcar um ensaio comigo? Manda uma mensagem.

05 Nov 2021

A fotografia pode te levar longe

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL